Luiza S. Vilela

Foto: Nicolas Soares 

Faltavam poucos meses para a prova do vestibular quando eu tive um estalo e decidi trocar o direito pelas letras. Foi um desses momentos definidores, iluminados, inesquecíveis. Eu estava no site da PUC fazendo a minha inscrição para usar o ENEM no processo seletivo quando a curiosidade me fez abrir a grade do curso. Fui lendo os nomes e as ementas das disciplinas e alguma coisa em mim clicou. Quero passar o resto da minha vida estudando isso.

 

De lá pra cá, lá se foram 15 anos. Quatorze anos de Rio, oito de PUC, um ano em intercâmbio acadêmico na University of Leeds durante a graduação, um semestre como pesquisadora convidada na Brown University durante o mestrado, três anos trabalhando como produtora editorial na Editora Guarda Chuva, dois anos de Revista Capitolina e cinco anos freelando feliz demais.

 

Em 2019, lancei meu primeiro livro de poemas, As redes sociais foderam com a minha vida, pela editora 7Letras. 

 

Escrever é tudo o que eu sei. Pra saber mais sobre os veículos com os quais já colaborei e explorar mais os textos, é só clicar no portfólio

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle