Buscar

Guia prático para curar dias ruins e/ou sair sozinha da bad

Vez ou outra a gente é agraciado com um daqueles dias que não deviam nem ter começado. Tipo desventuras em série. Você acorda se sentindo estranha, sai de casa sem o guarda-chuva e começa a chover, dá aquela treta master no trabalho, você briga com alguém que ama sem querer, seu celular quebra e tudo isso antes das três da tarde. Acontece. Eu passei uma vida inteira me sentindo muito sortuda por raramente ter um dia tão ruim que me deixasse realmente na merda, mas recentemente passei por umas barras (alôu saturno) e comecei a sacar que não é tanto o dia ruim, mas a maneira como a gente reage a ele. Se você está numa fase ótima, dá aquela raivinha mas logo passa. Se você já está mais ou meno

foto: Nicolas Soares 

Graduada em tradução e mestre em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Desenvolve conteúdo escrito para absolutamente qualquer coisa, traduz (do e para o inglês), prepara romances, sugere livros para momentos difíceis, casa pessoas e o que mais você estiver precisando. 

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
Por assunto
Arquivo