Buscar

Dinheiro e pica é pra gastar

O diário é o gênero literário perfeito pra 2016, né? Pois. Em setembro de 2016 eu me sinto mais segura andando na São Clemente do que em Jardim da Penha. Me ocorre durante esse passeio que eu não consigo economizar em dias felizes. Ou talvez seja o próprio gastar que resulte em dias felizes. É um caso bem clássico de ovo/galinha, eu acho. E todo mundo tem vergonha desse assunto. Dias felizes podem ou não ter data marcada. Muitos tem, e custam caro – vide réveillons, carnavais e aniversários – mas outros não, nem sempre. O que faz um dia feliz pra mim é meio subjetivo, mas quase sempre tem a ver com estar fora de casa, encadeando pequenos compromissos prazerosos, gastando uma graninha. Po

foto: Nicolas Soares 

Graduada em tradução e mestre em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Desenvolve conteúdo escrito para absolutamente qualquer coisa, traduz (do e para o inglês), prepara romances, sugere livros para momentos difíceis, casa pessoas e o que mais você estiver precisando. 

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
Por assunto
Arquivo