Buscar

Parar de tomar pílula foi a coisa mais difícil que eu já fiz - e não deu certo pra mim

Estou pra escrever este texto há tanto tempo, e já pensei em tantas formas de começá-lo, que não seria justo abrir com nenhuma das frases de efeito que já planejei ao longo dos últimos meses. A verdade é que eu finalmente consegui parar de tomar pílula em setembro de 2016, depois de uma primeira tentativa frustrada em 2015, e tenho a sensação de que tudo, absolutamente tudo que vivi nesses últimos anos foi de alguma forma balizado pela experiência de tentar viver sem hormônios. Ontem eu finalmente tirei o DIU de cobre, colocado em junho de 2017, e escrevo já sob o efeito de uma cartela quase inteira de Yasmin, a mesma pilula que tomei dos 15 aos 29 anos. Esta é a história de como eu fui lá e

foto: Nicolas Soares 

Graduada em tradução e mestre em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Desenvolve conteúdo escrito para absolutamente qualquer coisa, traduz (do e para o inglês), prepara romances, sugere livros para momentos difíceis, casa pessoas e o que mais você estiver precisando. 

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
Por assunto
Arquivo